TABELA PARA CÁLCULO DA CONTRIBUIÇÃO SINDICAL

Vigência: 1º de janeiro de 2017
Tabela progressiva para cálculo da Contribuição Sindical, vigente a partir de 1º de janeiro de 2017, aplicável aos empregadores industriais.
Valor Base: R$ 205,65 (duzentos e cinco reais e sessenta e cinco centavos)

Confederação Nacional da Indústria – 2017

LINHA CLASSE DE CAPITAL SOCIAL (R$) ALÍQUOTA (%) VALOR A ADICIONAR (R$)
1 De 0,01 a 15.424,07 Contrib. Mínima 123,39
2 De 15.424,08 a 30.848,14 0,8
3 De 30.848,15 a 308.481,42 0,2 185,09
4 De 308.481,43 a 30.848.142,02 0,1 493,57
5 De 30.848.142,03 a 164.523.424,09 0,02 25.172,08
6 De 164.523.424,10 Em diante Contrib. Máxima 58.076,77

Notas:
1. As empresas  ou  entidades  cujo  capital  social  seja  igual  ou  inferior  a R$  15.424,07  são obrigadas ao recolhimento da Contribuição Sindical mínima de R$ 123,39, de acordo com o disposto no 3º art. 580 da CLT;
2. As empresas  ou  entidades  com  capital  social  igual  ou  superior  a  R$  164.523.424,10 recolherão a Contribuição máxima de R$ 58.076,77 de acordo com o disposto no 3º do art. 580 da CLT;
3. A tabela Sindical 2017 foi reajustada de acordo com a variação acumulada do índice INPC (9,62%) no período de set/2015 a ago/2016.
Fonte: DSC – ACFIN – GEAF