Visitas e reuniões marcam início de atividades de hub brasileiro em Connecticut

São Paulo, 2 de março de 2017 – Em abril, começa a funcionar em New Haven, no estado americano de Connecticut, um escritório para empresas brasileiras iniciarem operações em território ianque. O Hub 55 é iniciativa da Paseli, consultoria especializada no desenvolvimento de negócios internacionais, em parceria entre entidades brasileiras e norte-americanas, bem como com o apoio do governo de Connecticut.

O Hub 55 terá escritório mobiliado, onde os recursos serão compartilhados, no campus da Universidade Yale e que ajudará as empresas a construírem seu plano de negócios e prospectarem clientes e parceiros no mercado americano. Além disso, o hub oferece apoio administrativo bilíngue, acesso ao mercado da Costa Leste dos EUA e do Canadá, além de networking com investidores, associações e entidades governamentais.

Connecticut é um dos principais corredores de negócios da América do Norte e está entre os cinco estados americanos que mais se destacam em produtividade, qualidade da mão de obra, número de patentes, educação e renda per capita. O estado oferece, ainda, incentivos financeiros para as empresas, que poderão realizar empréstimos sob taxas e termos flexíveis.

“A localização privilegiada do hub vai impulsionar a entrada de empresas brasileiras no mercado americano”, comenta Bruno Drummond, sócio-fundador da Drummond Advisors, que apoiará o projeto como prestadora de serviços especializados. Guilherme Amorim, gerente da área internacional da Softex, ressalta que o escritório será um espaço de troca de ideias, experiências e contatos a fim de ampliar a participação do Brasil no cenário global.

Parceria de sucesso

Durante a Fime (Florida International Medical Equipment Trade), importante feira voltada ao setor médico-hospitalar dos Estados Unidos, que aconteceu em agosto do ano passado, a ABIMO e a Beacon (Biomedical Engineering Alliance & Consortium), de Connecticut, firmaram um acordo de cooperação bilateral para incentivar a troca de experiências e o desenvolvimento entre as regiões.

Fruto dessa parceria, uma missão empresarial foi realizada com uma intensa agenda de encontros de negócios, debates e visitas técnicas em Hartford. A Corcam Tecnologia, companhia brasileira que desenvolve soluções tecnológicas para monitorar a saúde humana, foi uma das associadas à ABIMO que participaram da missão.

A empresa pôde conhecer o território americano, aproveitar os incentivos oferecidos pelo estado e ingressar no Hub 55. “Fizemos vários contatos e descobrimos potenciais para nos posicionarmos em Connecticut. Foi muito interessante ter participado, e fiquei muito satisfeito com os resultados”, disse Carlos Melo, vice-presidente de novos negócios e relações com o mercado da Corcam.

A empresa é autora do Nexcor, monitor cardíaco capaz de identificar infartos em fase inicial e síndromes raras de arritmia por meio de um software que comunica esses dados, em tempo e localização reais, do paciente para a central, encarregada de passar a informação aos médicos.

“Para a ABIMO, o posicionamento de companhias brasileiras no exterior é de extrema importância, pois outros países conhecerão a qualidade e o potencial da nossa produção, que é embasada em desenvolvimento, pesquisa e inovação”, pontua a gerente de projetos e marketing internacional da ABIMO, Clara Porto. “Ficamos imensamente orgulhosos com a internacionalização da Corcam e vamos estimular outras empresas brasileiras para a conquista de espaço no mercado internacional”, finaliza.

Início dos trabalhos

Entre os dias 3 e 5 de abril, acontecem as primeiras atividades que marcam o início do Hub 55. Os empresários farão um tour em New Haven e em universidades de Connecticut. Ocorrerão potenciais reuniões e visitas com empresas parceiras, além de seminários sobre abertura de empresa, imigração, contabilidade, financiamento, recrutamento e contratação. E, ainda, serviços e incentivos disponíveis nos níveis estadual e municipal serão apresentados.

 

Veja também