Projeto de lei propõe ampliar licença-paternidade

A Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), por meio do Núcleo de Acompanhamento Legislativo, encaminhou para análise dos sindicatos patronais o Projeto de Lei 4878 de 2016, de autoria do Deputado Franklin Lima (PP/MG), que altera a licença-paternidade de 5 para 30 dias, inclusive em caso de adoção.

O SINAEMO imediatamente manifestou-se contrário à proposta, a qual ampliaria ainda mais os reflexos dos pesados encargos sociais e trabalhistas de responsabilidade das empresas associadas e filiadas.

Veja também