Projeto Comprador Oriente Médio reúne empresas de dispositivos médicos brasileiras com potenciais compradores estrangeiros

O evento será realizado de forma virtual, de 16 a 26 de agosto. As participações das companhias nacionais são feitas por meio da parceria entre a ABIMO e Apex-Brasil

Julho de 2021 – Por meio da ação setorial, 36 companhias ligadas ao Brazilian Health Devices – projeto de exportação da Associação Brasileira da Indústria de Dispositivos Médicos (ABIMO), em parceria com a Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos) – participarão do Projeto Comprador Oriente Médio, que tem como objetivo reunir empresas de dispositivos médicos com compradores estrangeiros – importadores e distribuidores.

O evento, em formato online, será realizado no período de 16 a 26 de agosto, e permite aos participantes flexibilidade para agendamento de reuniões e negociações com grupos de empresas estrangeiras interessadas nos seus produtos. Os encontros são feitos por meio da plataforma virtual do projeto, a qual possibilita prospecção de oportunidades comerciais e até mesmo o fechamento de negócios.

Em 2020, as exportações setoriais brasileiras para o Oriente Médio representaram cerca de US$ 8 milhões em contratos. Este ano, os principais mercados-alvo são a Arábia Saudita, os Emirados Árabes Unidos, o Irã e a Turquia.

Segundo Rafael Cavalcante, coordenador de Acesso a Mercados da ABIMO, os dados da associação apontam que em 2020 houve crescimento em 38,3% nas negociações em comparação a 2019. Para 2021, ele espera que os resultados sejam ainda melhores.
“O Oriente Médio é um mercado essencial para nós, pois historicamente possui grande potencial, devido ao seu alto poder aquisitivo. Outro fator que nos beneficia é por terem poucos fabricantes locais, o que diminui a concorrência e faz com que os produtos brasileiros se sobressaiam. Desse modo, são tradicionalmente bem aceitos”, diz Cavalcante.

Sobre a ABIMO
A Associação Brasileira da Indústria de Dispositivos Médicos (ABIMO) representa a indústria brasileira de produtos para a saúde que promove o crescimento sustentável no mercado nacional e internacional. Fundada em 1962, a instituição conta com mais de 300 associados e surgiu a partir da ideia de 25 fabricantes de produtos médicos e odontológicos com o objetivo de fortalecer, organizar e regulamentar o segmento. Nesses anos de trabalho, a ABIMO expandiu suas operações de suporte à cadeia produtiva através de conselhos e grupos de trabalho, os quais respondem por todos os aspectos técnicos, operacionais e associativos do setor.

Sobre o Brazilian Health Devices

O projeto setorial Brazilian Health Devices, executado pela ABIMO em parceria com a Apex-Brasil, tem como missão fomentar as exportações das indústrias de artigos e equipamentos da área da saúde. Brazilian Health Devices é a marca que reúne as indústrias exportadoras do setor e as representa internacionalmente.

Sobre a APEX-BRASIL
A Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos) tem a missão de desenvolver a competitividade das empresas brasileiras, promovendo a internacionalização dos seus negócios e a atração de investimentos estrangeiros diretos. A Agência também atua de forma coordenada com atores públicos e privados para atração de investimentos estrangeiros diretos (IED) para o país.

Veja também