Empresas brasileiras participam de feira nos Estados Unidos

Empresas associadas à ABIMO e que fazem parte do Projeto Brazilian Health Devices, executado pela entidade em parceria com a Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos), estão presentes em Miami, desde a última terça-feira (2) participando da FIME (Florida International Medical Equipment Trade), mais importante evento voltado ao setor médico-hospitalar dos Estados Unidos.

A feira é especializada em equipamentos para a área médica, abrangendo produtos biomédicos, tecnologia de comunicações, equipamentos de diagnóstico, produtos médicos descartáveis, equipamentos eletro-médicos, equipamentos de emergência, equipamentos hospitalares, equipamentos de laboratório, produtos de cuidados em longo prazo, medicamentos, cuidados de enfermagem, de ortopedia produtos farmacêuticos, produtos de reabilitação, cirurgia, aparelhos de tratamento, com foco na América Latina.

Para Laísa França, coordenadora de promoção comercial da ABIMO, a participação brasileira na FIME fortalece a imagem da indústria médico-hospitalar. “A FIME é uma feira com foco no mercado latino-americano. Neste ano, a feira está bem movimentada e a participação das empresas brasileiras é importante para que elas possam encontrar distribuidores e fechar negócios para todo o segundo semestre do ano”, ressaltou.

No ano passado, o volume de negócios em 12 meses, provenientes de contatos da feira girou em torno de US$ 7 milhões. Resultados parciais apontam que até ontem (3), as empresas fizeram mais de 670 reuniões de negócios durante a FIME. Participam desta edição as companhias associadas: Agaplastic, Atrasorb, Baumer, Casex, Carci, Cbemed, Corcam, Dynamed, Engimplan, Exxomed, Fami, Fanem, Freedom, GMI, Hospimetal, Ibramed, Icelera, Inpromed, Imec, Loktal, Lupetec, Medpej, Neoortho, Phoenix, Schioppa, Sismatec, Traumec, Teb, Unitec e Ventura.

Até o momento, os contatos foram realizados com clientes da África do Sul, Angola, Arábia Saudita, Argentina, Bolívia, Canadá, Chile, China, Colômbia, Costa Rica, Cuba, El Salvador, Emirados Árabes, Equador, Estados Unidos, Espanha, Filipinas, Guatemala, Honduras, Índia, Indonésia, Iraque, Israel, Itália, Jamaica, México, Nicarágua, Omã, Panamá, Paraguai, Peru, Porto Rico, República Dominicana, Rússia, Taiwan, Trinidad e Tobago, Tunísia, Turquia, Uzbequistão, Venezuela e Vietnã.

Expectativas

A Corcam Tecnologia, companhia que desenvolve soluções tecnológicas para monitorar a saúde humana, está participando pela 1ª vez da FIME. O objetivo da empresa é promover sua tecnologia e conquistar potenciais parceiros. Para isso, a Corcam investiu muitos recursos nos últimos anos para a proteção de sua propriedade intelectual e obtenção de licenças das agências reguladoras no Brasil e fora. “No evento, apresentamos o NEXCOR, sistema de monitoramento autônomo e inteligente para acompanhamento da saúde do coração, capaz de detectar precocemente possíveis intercorrências cardíacas. O sistema já possui registro na Anvisa, FDA, Patente Americana concedida pelo USPTO e depósitos de pedido de patente na CE (Comunidade Europeia), Canadá, Japão, Índia e Brasil”, disse Carlos Melo, vice-presidente de novos negócios e relações com o mercado da Corcam.

Para Caio Cesar Martins, diretor administrativo da Lupetec, fabricante de equipamentos para laboratório, a feira é importante para o setor, pois é um canal para identificação de novos mercados, como América do Norte e América Central, para prospecção de negócios e promoção da imagem da empresa. “A feira teve muita importância em nossa primeira participação, pois conseguimos desenvolver dois novos distribuidores e esperamos que o cenário se repita nessa edição”, pontuou o diretor, que ainda destacou: “Trouxemos para a FIME um Micrótomo, equipamento utilizado para realização de cortes de tecidos para Anatomia Patológica e Histologia”.

A FIME acontece até esta quinta-feira (4).

Veja também