Contribuição Sindical Patronal / 2016

Para que a sua empresa se programe para os compromissos do próximo ano, estamos enviando a tabela através da qual será calculada a Contribuição Sindical Patronal de 2016, com vencimento em 29 de janeiro próximo.
A base de cálculo é o capital social da empresa registrado nas respectivas juntas comerciais ou órgãos equivalentes, como previsto no artigo 580 da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

Clique aqui e acesse a tabela referente à Contribuição Patronal/2016.

Sobre o imposto

A Contribuição Sindical Patronal é um imposto compulsório, previsto na CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), e devido por todas as empresas brasileiras visando custear a atividade sindical patronal.
O SINAEMO tem a obrigação formal de cobrá-lo (das empresas representadas e associadas), em vista de que o valor recolhido não se destina somente ao sindicato, sendo distribuído entre as entidades que participam do sistema confederativo: 20% para a conta especial de emprego e salário do Ministério do Trabalho e Emprego, 15% para a federação estadual (FIESP), 5% para a Confederação Nacional da Indústria (CNI) e 60% para os sindicatos.
O não recolhimento do imposto impede a participação em licitações públicas, além de comprometer a rotina administrativa da empresa, que sofrerá restrições ao solicitar empréstimos bancários ou buscar novas parcerias.

Veja também