Brazilian Health Devices marca presença na Feira MEDICA 2015

Quarenta e cinco empresas participantes do Brazilian Health Devices (BHD), projeto executado pela ABIMO em parceria com a Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos), marcarão presença na Feira MEDICA 2015, principal evento internacional do setor de serviços e produtos médicos do mundo. Realizada em Düsseldorf, Alemanha, ela acontece entre os dias 16 e 19 de novembro. A Feira MEDICA atua como uma vitrine mundial dos lançamentos na área de saúde, e a presença das empresas brasileiras no evento‎ é fundamental, pois, só neste ano, serão cerca de 4.800 expositores de 60 países. Esta será a 14ª participação do pavilhão brasileiro na feira. Em 2014, foram negociados cerca de US$ 2,3 milhões em negócios durante o evento, com estimativa de US$ 15,7 milhões para os meses seguintes. Este ano, a expectativa é atingir US$ 18 milhões. As empresas brasileiras estarão divididas em três espaços distintos: o pavilhão brasileiro no hall principal, no hall de laboratórios e no hall de ortopedia. Segundo a gerente de projetos da ABIMO, Clara Porto, essa segmentação acontece no Hall 3 desde 2013 e no Hall 4 desde o ano passado. “Dessa forma, os resultados são melhores, pois os visitantes desses espaços são focados no tipo de produto que as empresas estão oferecendo e isso impacta diretamente no potencial de negócios”, explica.

BRAZILIAN HAPPY HOUR
Como ação diferenciada, sucesso desde 2011, será realizado o tradicional Brazilian Happy Hour no pavilhão brasileiro, dia 17 de novembro. O BHD aposta na ação como estratégia de negócios, oferecendo comidas e bebidas típicas do Brasil ao público internacional, além de música brasileira ao vivo, proporcionando assim um ambiente descontraído para que as empresas brasileiras possam estreitar os laços de relacionamento com seus clientes internacionais.

AÇÕES POLÍTICAS
A participação na MEDICA também tem um viés político/econômico importantíssimo para as empresas brasileiras. No ano passado, a ABIMO promoveu o 1º Fórum de Discussão de Política Industrial e Regulação na Internacionalização, que reuniu 130 representantes de 70 indústrias brasileiras – entre expositores, visitantes e órgãos reguladores – para discutir temas referentes às políticas industriais com foco no segmento. Este ano, o fórum será realizado novamente, visando debater temas mais específicos, focados em demandas das próprias empresas.

Veja também