Artigo ressalta a elevação de juros e os prejuízos para investimentos industriais

São Paulo, 1º de junho de 2017 – No dia 18 de maio, o Jornal Valor Econômico publicou um artigo de autoria de José Ricardo Roriz Coelho, vice-presidente e diretor titular do Departamento de Competitividade e Tecnologia da Fiesp, no qual argumenta contra a criação da TLP (Taxa de Longo Prazo), que será a nova taxa de juros do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), conforme prevê a Medida Provisória 777, de 26 de abril de 2017.

Essa medida aumentará a incerteza nas decisões, elevará a volatilidade e o nível dos juros do BNDES, prejudicando os investimentos industriais e de outros setores da economia e dificultando ainda mais a recuperação da atividade.

Segundo a Fiesp, é necessário redução na Selic, e não aumento nas taxas de juros das linhas do BNDES.

Clique aqui e leia o artigo na íntegra

 

 

Veja também