AEEDC, maior feira odontológica do Oriente Médio, recebe empresas do Projeto BHD

Dubai, 9 de fevereiro de 2017 – Aditek, Angelus, Bio-Art, Bionnovation, Cristófoli, Dentscler, DFL, DFVasconcellos, DSP Biomedical, Indusbello, Maquira, Microdont, Olsen, ROIC, SIN Implantes, Systhex, Titanium Fix, e XDENT são as empresas, associadas à ABIMO, que estão representando o Brasil na AEEDC (International Dental Conference & Arab Dental Exhibition), maior feira odontológica do Oriente Médio e norte da África, que acontece desde a última terça-feira (7), em Dubai.

A DSP Biomedical já atua fortemente na região com implantes dentários e componentes protéticos. As linhas com maior aceitação no país são HE (Hexágono Externo) para aplicações clínicas múltiplas ou unitárias e que possibilitam o intercâmbio entre vários sistemas: é uma linha de implantes mais comum e a mais utilizada. A empresa trabalha ainda com a linha premium (Cone Morse Indexado), implantes que garantem maior estabilidade funcional ao longo do tempo e que são mecanicamente mais resistentes. “Com a participação na AEEDC, nossa expectativa é aumentar ainda mais a nossa rede de contatos e difundir a nossa filosofia de trabalho para mais regiões. Países como Irã, Índia, Arábia Saudita, Iraque, Qatar, Líbano, Egito e Argélia estão entre o nosso foco de prospecção”, pontua Eduardo Cavalli, gerente de marketing da empresa. “Buscamos ainda novos distribuidores, novos compradores, contatos com instituições de ensino e pesquisa que estejam dispostas a produzir conteúdo de qualidade através do uso de nossos produtos”, complementa.

A DFV, que já esteve em Dubai para participação na Arab Health, optou por expandir sua presença na região participando também da AEEDC, visando ao aumento de negócios por meio do contato com distribuidores locais. “Tentaremos solidificar os trabalhos com contatos atuais e buscar novos distribuidores na região do Oriente Médio e de alguns países da Ásia”, diz Ezio Giuliani, diretor-geral da DFV.

Cadeiras para exame clínico e consultórios de odontologia são alguns dos produtos mais explorados pela Olsen na região. “Estamos bastante otimistas com nossa participação nesta feira, principalmente pela boa reputação que os produtos de saúde made in Brazil têm tido junto aos mercados árabes, notadamente na Arábia Saudita, que é o maior mercado da região”, enfatiza Luciano Rodrigues, gerente de exportação da empresa, que está participando pela segunda vez da feira. “Atestamos esse fato em nossa participação nas edições anteriores das feiras AEEDC e Arab Health”, ressalta.

Como destaque, a SIN Implantes, que participa pela primeira vez do evento e apresentará ampla gama de implantes odontológicos, pretende alavancar negócios. “Almejamos encontrar parceiros para desenvolver a distribuição em novos países da África e Emirados”, frisa Leonardo Rodrigues, gerente de exportação da empresa.

Estreando no evento também, a Aditek tem boas perspectivas em relação aos negócios que podem alavancar os resultados da empresa. “A expectativa é muito boa, é um mercado muito grande e ainda inexplorado pela Aditek”, diz Eduardo Lopes, gerente de vendas internacionais da companhia.

Estreitar negócios com clientes atuais que estarão visitando a feira bem como prospectar novos compradores em países onde ainda não há atuação são alguns propósitos da Maquira. “Buscamos também expor nossos últimos lançamentos e nos atualizar a respeito de novas tecnologias e necessidades dessa região. Nossos produtos com melhor aceitação no mercado são nossas tiras de aço e poliéster, Applic Flow (resina composta fluida), Bond 2.1 (adesivo dentário), assim como nossa linha de produtos para endodontia e ácidos”, explica Anny Moria, coordenadora de exportação da Maquira.

A Angelus, que participa da AEEDC desde 2011, já atua fortemente no Oriente Médio com uma série de cimentos endodônticos à base de MTA, linha de pinos de fibra de vidro, clareadores e a exclusiva linha de Odontopediatria Angie By Angelus. “A cada edição, as expectativas são sempre muito boas, pois a AEEDC é uma feira que vem crescendo muito nos últimos anos”, conta Sidarta Cypriano, gerente de comércio exterior da companhia.

De acordo com Luiza Ritondo, gerente de comércio exterior da DFL, a consolidação das parcerias já existentes na região e a conquista de novos mercados são os principais objetivos da empresa, que em 2017 participará pela nona vez do evento. “Os produtos que mais exploramos na região são anestésicos injetáveis, resinas e ionômeros de vidro”, destaca.

A AEEDC tem 30 mil m2 de área de exposição e recebe mais de 30 mil visitantes de 130 países. Cerca de 1,4 mil expositores de mais de 70 países participam do evento, que possui 19 pavilhões nacionais e quatro halls para conferências com aproximadamente 120 palestras de 96 renomados palestrantes internacionais de odontologia. O evento acontece até esta quinta-feira (9).

 

Veja também