ABIMO participa do Congresso Nacional de Hospitais Privados

São Paulo, 24 de novembro de 2016 – Na última quinta-feira (17), a quarta edição do Conahp (Congresso Nacional de Hospitais Privados), evento promovido pela Anahp (Associação Nacional de Hospitais Privados), levantou discussões sobre boas práticas na cadeia de suprimentos. A sessão plenária contou com a participação de Franco Pallamolla, presidente da ABIMO, que falou a respeito das principais preocupações que a cadeia de fornecedores tem com o mercado e as projeções do futuro desse segmento.

“Todos nós buscamos capturar sinergias. Nós estamos tentando fazer isso, mas estamos atrasados ainda. Há questões culturais e especificidades de produtos que impedem maiores avanços nos processos.  Sempre se imaginou que a consolidação começaria pelos fornecedores, mas começa pelos prestadores de serviços. Isso forçosamente traz uma modificação importante também nos setores filantrópicos”, pontuou o presidente, que ainda acrescentou: “Todos os atores da cadeia vão ter que se reposicionar. Se projetarmos para daqui 10 anos teremos que fazer novos movimentos para a consolidação da indústria.  A nova dinâmica de mercado vai nos obrigar a redesenhar os processos e a harmonização de padronização será fundamental”.

“Outro ponto que vai aparecer no mapa estratégico é o poder de compra que vai nos obrigar a ter um poder de fornecimento a altura com produção de matéria prima, logística e entrega. A centralização excessiva pode enfraquecer o elo da cadeia”, complementou Pallamolla.

As boas práticas entre as empresas dependem de trabalho efetivo para o desenvolvimento dos fornecedores. Paulo Vasconcellos Bastian, superintendente executivo do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, acredita que seguir a premissa de desenvolver fornecedores e criar laços de confiança são fundamentais para o bom planejamento de uma instituição. “É importante dialogar com as equipes. Como hospital isolado, nós fazemos compras e desenvolvemos grandes parcerias. Temos a missão de fazer com que os preços da área da saúde caiam cada vez mais, assim como revemos processos e desenvolvemos fornecedores”.

O evento contou ainda com a participação de Júlio Abud, diretor de compras da Anahp; Gláucio Pegurin Libório, presidente da Abraidi (Associação Brasileira de Importadores e Distribuidores de Implantes) e Mohamed Parrini, superintendente executivo do Hospital Moinhos de Vento (RS).

Veja também