ABIMO marcou presença no 10º Encontro Anual de OPM

Com o objetivo de reunir todos os envolvidos para discutir as medidas propositivas que poderão mudar para melhor o mercado de DMI (Dispositivos Médicos Implantáveis) nos próximos anos, aconteceu na última terça-feira (8), no Hotel Maksoud Plaza, em São Paulo, o 10º Encontro Anual de OPMES (órteses, próteses e materiais especiais). Paulo Henrique Fraccaro, superintendente da ABIMO, representou a entidade que foi uma das apoiadoras institucionais do evento.

O superintendente participou do talk show com o tema “O que tem sido feito para convergirmos para a regulamentação e para uma maior transparência do setor?”. O objetivo do painel era repercutir sobre a regulação e o compliance focado em órteses e próteses, além de entender como se pode criar uma organização entre hospitais, indústrias e convênios com o intuito de coibir os desajustes que existem e normatizar o setor. “Não há dúvida de que o foco é em um processo educacional de toda a cadeia mostrando que a corrupção só faz mal”, disse Fraccaro durante o seu discurso. Ele destacou também que é preciso foco das indústrias na necessidade de compliance e no funcionamento da lei anticorrupção.

A evolução do mercado de DMI depende de ações de cada um dos setores envolvidos que caminham para uma reestruturação conciliadora e ética do setor. Após um ano da descoberta da corrupção nesse segmento, muito já foi feito para melhorar a questão ética e de relacionamento entre todos. A ABIMO acredita que ainda neste ano deverão surgir novidades sobre a normatização de órteses e próteses envolvendo compliance.

 

Estiveram presentes no talk show: Aurimar Pinto, diretor executivo de Relações Institucionais da Abimed (Associação Brasileira da Indústria de Alta Tecnologia de Produtos para Saúde); Eduardo de Oliveira, secretário executivo da Federação Brasileira de Hospitais; Gláucio Pegurin Libório, presidente do Conselho de Administração da Abraidi (Associação Brasileira de Importadores e Distribuidores de Implantes); Pedro Luís Gonçalves Ramos, diretor da Abramge (Associação Brasileira de Planos de Saúde); e Valdmário Rodrigues Junior, diretor de Integração Cooperativista e Mercado na Unimed do Brasil.

Veja também