Mercado internacional tem disputa por máscaras, luvas e respiradores


Muitos dos equipamentos usados pelos profissionais de saúde para se proteger e usados pelos hospitais nos tratamentos dos pacientes vêm da China.

O novo desgaste com a China ocorre justamento no momento em que há uma disputa no mercado internacional por máscaras, luvas, respiradores. A China produz a maior parte dos equipamentos de proteção usados por hospitais e profissionais de saúde.

É na China que está a maior produção de equipamentos para o combate à Covid-19. O país detém 90% da produção mundial de EPIs, equipamentos de proteção individual, e um quinto da produção de respiradores.

Assista a reportagem veiculada no Jornal Nacional no link abaixo.

Veja a matéria completa