Hospitalar apresenta exemplos internacionais para discutir o futuro da saúde no Brasil

Congresso reúne especialistas do Reino Unido, dos Estados Unidos e da França

Com o tema “Reforma do Estado e dos sistemas de Saúde”, o Congresso Internacional de Serviços de Saúde (CISS) teve início nesta quarta-feira (23) na 25ª edição da Hospitalar, maior feira do setor na América Latina, que acontece até sexta-feira (25), no Expo Center Norte, em São Paulo.

O CISS tem ampla programação nesta quarta e quinta-feira, com palestras de diversas partes do Brasil e de países como a Irlanda e a Espanha, mas com discussões focadas em três países: França, Reino Unido e Estados Unidos. “A escolha do tema desse ano diz respeito não só ao Brasil, mas ao mundo inteiro”, afirmou a Fundadora e Presidente de Hospitalar, Waleska Santos. Vice-Presidente do CISS, Dra. Waleska, destacou a relevância do Congresso para a troca de informações e enriquecimento de experiências. Em português, inglês e francês, ela saudou os participantes, convidados e diferentes apoiadores do evento, entre eles a Associação Brasileira da Indústria de Artigos e Equipamento Médicos, Odontológicos, Hospitalares e de Laboratórios (ABIMO).

Gerente de Projetos e Marketing Internacional da ABIMO, Clara Porto afirma que o CISS – que é apoiado pela Associação desde que era o Congresso Latino Americano – incentiva discussões profundas sobre o sistema de saúde brasileiro por parte do setor privado. “O CISS reflete a reunião do setor privado para discussão de tudo o que podemos fazer para melhorar o sistema de saúde, que está em nossas mãos. E as contribuições que esses países vêm trazendo a cada ano são muito importantes”, afirma a gerente.

Benchmarking

De acordo com Clara, a ABIMO busca sempre se aproximar de outros mercados e entender os modelos de negócios de saúde internacionais para auxiliar seus associados interessados em entrar em outros mercados. “Aqui a gente está falando dos Estados Unidos, do Reino Unido e da França, que são os países convidados desse ano. São três nações de excelência, com sistemas de saúde bastante interessantes. O ambiente do Congresso propicia não só esse conteúdo rico, mas a construção de pontes entre nós e esses países.”, completa.

Presidente do Congresso, Dr. Breno de Figueiredo Monteiro, afirma que o CISS é o principal evento científico da Hospitalar. “Esse países vão nos inspirar para a reforma do sistema de saúde brasileiro”, aborda ele, que também é presidente da Federação Nacional dos Estabelecimentos de Saúde (FENAESS). Monteiro destaca ainda a relevância do tema do Congresso de 2018 em um momento pré-eleitoral e no qual o Sistema Único de Saúde (SUS) é insuficiente para toda a população.

Fábio Leite Gastal, Presidente da Comissão Científica, também destaca a relevância do tema, que classifica como desafiador. “A reforma do Estado que é muito importante nesse momento do Brasil, sempre desafia os palestrantes à medida que a gente quer ter uma visão da experiência principalmente de países que constantemente nós escutamos, consultamos e aprendemos”, completa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também