Alta expectativa da odontologia brasileira na AEEDC 2019

Reunidas no pavilhão brasileiro do evento que será realizado em fevereiro de 2019, marcas nacionais buscam novos negócios em Dubai

A indústria odontológica brasileira está se preparando para mais uma participação na AEEDC (International Dental Conference & Arab Dental Exhibition), maior feira odontológica do Oriente Médio e norte da África, que será realizada entre 5 e 7 de fevereiro de 2019 em Dubai, Emirados Árabes Unidos. Como mais uma ação do Brazilian Health Devices, projeto setorial executado pela ABIMO em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), a montagem do pavilhão nacional no evento será concretizada pela 13ª vez.

“A AEEDC é a segunda maior feira do setor no mundo. São mais de 1.900 expositores e 50 mil visitantes vindos de 130 países. E, apesar de acontecer em Dubai, a feira já tem abrangência global, o que privilegia a exposição da nossa indústria de odontologia que já é bastante conceituada no mundo todo”, comenta Larissa Gomes, coordenadora de promoção comercial da ABIMO.

Há 13 anos presente no evento, a indústria de odontologia brasileira tem um bom desenvolvimento no comércio exterior, mesmo enfrentando um período de queda nas exportações no último ano. Entre janeiro e setembro de 2017, a vertical exportou US$ 66 milhões. Já no mesmo período de 2018, a soma das exportações atingiu a marca de US$ 60 milhões, o que representa um declínio de 9,22%.

“Esses dados enfatizam a necessidade de participação da nossa indústria em feiras e missões comerciais, além do fortalecimento do trabalho de estruturação das empresas para obtenção de certificações e ganhos de competitividade”, comenta Rafael Cavalcante, coordenador de acesso a mercados da ABIMO, apontando que esse cenário se consolida pela crescente concorrência externa e pela ampla complexidade de operações em um mercado global no qual as exigências regulatórias são cada vez mais amplas.

Expectativa alta – Quinze empresas brasileiras do setor de odontologia comporão o pavilhão nacional na AEEDC 2019. Para essa edição do evento, a expectativa é bastante alta, como comenta Eduardo Nogueira Lopes, CEO da Aditek: “A expectativa é muito boa. Todo ano o congresso vem crescendo e se mostrando como o principal do mundo árabe, o que nos traz muitos bons contatos na Ásia”. A Aditek participará pela segunda vez do evento por acreditar que estar presente em um dos encontros mais importantes do setor é o que os levará a encontrar clientes e firmar novas parcerias. Na ocasião, lançará uma linha de tubos sinterizados que utiliza, em seu processo de fabricação, algumas das mais inovadoras tecnologias do mundo.

Também programando um lançamento para a edição 2019 do evento, a Angelus segue para Dubai a fim de reforçar a marca e promover seu portfólio. “Esperamos um pouco mais deste evento por conta do lançamento da nossa linha de biocerâmicos no Oriente Médio”, esclarece Fabiana Miki Moriyama, analista de marketing, que acredita que a ocasião é ideal para apresentação de novidades devido à alta concentração de distribuidores e dentistas no evento.

Reconhecendo a importância da feira no calendário da odontologia internacional, a DSP Biomedical estará presente pelo quarto ano consecutivo. “A nossa expectativa é aumentar ainda mais a nossa rede de contatos e difundir a nossa filosofia de trabalho para mais regiões”, diz Eduardo Cavalli, gerente de marketing, que complementa enfatizando que “os produtos odontológicos fabricados no Brasil têm ótima receptividade no Oriente Médio, ampliando a visibilidade da marca e o respeito do consumidor”. Segundo o gerente, eventos deste porte sempre oferecem bons resultados a longo prazo. A DSP Biomedical está preparada para lançar, na AEEDC, uma nova linha de produtos para técnicas regenerativas.

Também integrando o pavilhão brasileiro, TitaniumFix e Microdont seguirão estratégias parecidas nesta edição. “Com a economia crescendo no Oriente Médio, buscamos novos negócios e manutenção dos antigos relacionamentos”, explica Sidival Dias Junior, gerente de exportação da TitaniumFix, que apostará suas fichas em contatos com Arábia Saudita, Egito, Índia, Irã e Yemen. Focada em negociações com Bahrain, Emirados Árabes Unidos, Iraque, Jordânia, Kuwait e Paquistão, Martin Zucker, diretor internacional da Microdont, comenta: “Visamos fortalecer nossas relações e encontrar novos clientes”. A marca lançará uma linha de restauração durante o evento.

A busca por novos distribuidores que auxiliarão na maior disseminação das marcas pelo mundo da odontologia também é uma das estratégias da indústria brasileira que participa do evento. “Para ampliar nosso mercado, esperamos encontrar novos distribuidores na região”, diz Leonardo Bueno dos Reis, trader da Olsen. Para Daniel Henrique dos Santos Maia, consultor comercial de exportação que representa a Orthometric, o foco está em contatar cerca de 20 países durante os três dias de evento. “Queremos consolidar a marca, buscar novos distribuidores e ampliar o relacionamento com os que já contatamos em 2018”, declara.

Para a Maquira, que segue para sua quarta participação, a plataforma de relacionamento promovida pela AEEDC é um dos principais pontos fortes. “Queremos encontrar com distribuidores parceiros de longa data e comemorar as parcerias firmadas na última edição. Além disso, esperamos conseguir novos contatos em países onde a marca ainda não tem tanto reconhecimento e mostrar, aos visitantes, nossos principais lançamentos”, pontua Paula Silverio, assistente de comércio exterior da Maquira.

Systhex e Regener Biomaterias também estarão presentes em busca de novas parcerias e expansão da carteira de clientes. Outras marcas como Dérig, Biodinâmica, Bionnovation, MMO e Real Odontológica completam a marcas que estarão em Dubai em fevereiro de 2019 representando a indústria odontológica brasileira.

Brazilian Hands On – Dedicada ao cliente final, a Brazilian Hands On Area foi sucesso na edição 2018 da AEEDC e estará novamente montada na edição 2019. Elaborando demonstrações práticas, o espaço oferece de forma mais visual procedimentos técnicos e dinâmicos elaborados pela indústria brasileira.

A ação também é promovida pelo Brazilian Health Devices e auxilia na potencialização da internacionalização da indústria odontológica nacional. Visto como um excelente meio de divulgação dos produtos, o espaço atrai muitos visitantes complementando a tradicional exposição feita dentro dos estandes.

Veja também